Gestão de Tarefas: Como criar o seu próprio modelo de ferramenta

DSCF3483

O post de hoje é inspirado na agitação frenética que está sendo a minha semana! Quando paramos e observamos qualquer situação com olhos de oportunidade, observamos o quanto podemos aprender com tudo que nos cerca.

Uma vez, participei de um congresso de Administração, no qual um palestrante, que não me recordo o nome, disse que possuía um caderno onde ele anotava diariamente, tudo o que aprendia de diferente. Segundo ele, ao final do dia, ele checava suas notas e fazia um balanço de todos os aprendizados, que ia desde uma palavra nova até a lidar com situações adversas por ter passado por alguma experiência, ruim ou boa, no trabalho.

Pensando nisso, resolvi compartilhar com vocês uma ideia de modelo adaptado, simples e prático de organização e gestão de tarefas, inspirado em um conjunto de ferramentas que estou aprendendo a usar no meu trabalho e nos demais contatos que tive, anteriormente, com gestão. Cada um de vocês também podem se inspirar nessa ideia para criar a sua própria ferramenta.

Trace desafios e metas que você deseja realizar na semana, monte uma lista com todas as atividades que devem ser feitas em cada dia e, conforme a necessidade, acrescente as demais tarefas que surgirem. Lembrando que, é importante ter um tempo dedicado para planejar as tarefas da semana e do dia-a-dia sempre antes de começar a fazê-las, assim, o impacto na produtividade e nos resultados efetivos serão bem maiores.

Na sexta-feira (10) posto esse modelo de gestão de tarefas aplicado na prática pra vocês conferirem.  Proponho também a vocês esse desafio! Que tal?